quarta-feira, abril 27, 2005

Inove ou extinga-se, p.f.....

Aqui estou eu de volta ao mundo após ter estado no meu primeiro congresso corporativista. O ajuntamento subordinado ao tema, adivinhem: "Inovação e Competitividade"!!! Que original...se eu tivesse um cêntimo por cada vez que ouvi estas palavras, ou outras como: "globalização","ameaça asiática", etc... já tinha dinheiro para ir explorar a Islândia de jipe...

Mas, vamos lá ás definições das acções parcelares que levam à tão almejada"inovação e competitividade", enunciadas naquele ajuntamento, por um economista e vários engenheiros:
-Redução de custos, melhoria da qualidade, real e perceptida.
-Ciclos de re-engenharia proactivos.
-Valorização de recursos humanos, já que a tecnologia compra-se, o "know-how" é inimitável e é o que faz toda a diferença.
-Flexibilização de estruturas e abertura transversal a novas ideias: "he who never tries, never fails"
etc, etc...

Ora, o meu comentário é que: se isto é inovação, então inovação=competência, já que penso que estas traves mestras já deveriam estar incutidas nos trabalhadores de princípio, desde sempre. Não percebo a novidade...

A definição que eu mais gostei de inovação, foi dada por um neozelandês que trabalha para o meu Grupo: "Innovation is to solve problems with no known solution"...Portugal tem muitos problemas cuja solução é sobejamente conhecida e nem por isso se resolvem...

Isto vem dar alguma razão ao que eu já pensava: tudo bem, Portugal precisa de ser inovador, mas antes Portugal tem que deixar de ser incompetetente, negligente e omisso...

3 Comments:

Blogger Jq said...

Congresso de engenheiros? E deixaram-nos falar sobre estratégias? Sobre inovação? Tens de me dar o nome desse economista, que é para fazer queixa dele à Ordem (isso de misturar competências, é um jogo muito perigoso... não admira que ele não te tenha conseguido explicar nada...)

10:37 da manhã  
Blogger Jaf said...

jq, às vezes penso que uma semanita no mundo real, não te fazia mal nenhum...

6:19 da tarde  
Blogger Jq said...

Sim, às vezes pensas, mas é muito raro (acho que me lembro de uma vez).
Quanto ao mundo real, um dia destes mando-te chamar (com sorte já não estás fechado numa sala com tipos a debitarem trivialidades com ar engenhoso; tipos esses que reunem todas as condições para escrever neste blog...).

10:42 da manhã  

Publicar um comentário

<< Home