sexta-feira, novembro 04, 2005

Eles querem a minha MTV...


Ontem aconteceu o mega-evento da MTV em Lx. Tenho várias coisas a dizer:

Eh pá viram a Madonna?
Eh pá viram a Madonna?
Eh pá viram a Madonna?
Eh pá viram a Madonna?
Eh pá viram a Madonna?


Já não via um caso tão grave do ratio Tesudice/Idade desde que vi a Sophia Loren com mais de 70 anos em lingerie no filme “Prét-a-Porter”. Lembro-me que no desfile de moda final desse filme ter soltado baixinho no cinema um “Uau...pelos púbicos...”, não sei é se foram exactamente estas palavras...bons tempos da adolescência...mas, já estou a divagar...voltando à Madonna, ela tem 45 anos e está enxuta, enxutíssima...

Para a história fica também o momento cómico que foi ver o Figo e o Nuno Gomes a apresentar o prémio em inglês macarrónico...as entrevistas na passadeira vermelha na RTP1 daquela apresentadora histérica e que se está sempre a rir (aquela que apareceu no EURO2004 tão a ver?), que quanto a mim é o ser mais irritante do planeta...os comentários/entrevistas do Álvaro Costa na Antena 3, que quis dar um ar “cool” e “eu é que percebo disto, movimento-me no meio e tal...”, mas não passou dum provinciano subserviente. Esclareço que não gosto da palavra provinciano mas é para entenderem o que eu quero dizer.

As referências constantes no espectáculo ao Leste Europeu/Ásia Central devido ao apresentador ser o Borat (que é uma personagem que eu gosto muito, mas aqui está fora de contexto, acabou por tirar ritmo ao espectáculo) são capazes de confundir os espectadores dos outros países, os tais 1000 milhões...é que eles podem pensar que Portugal apresenta índices de desenvolvimento comparados à Europa de Leste, ou que Lisboa fica no Cazaquistão...mas, se pensarmos bem, isso não será assim tão inverosímil...no entanto irritou-me um bocado as constantes referências às velhas de lenço preto na cabeça nos anúncios televisivos ao show nestes últimos meses...não se esqueçam que foi com os nossos impostos que o evento veio para Lisboa, o governo pagou forte e feio...não sei é se Portugal foi devidamente promovido no processo...

Confesso que a MTV mudou a minha vida em 90/91, contribuiu muito para a expansão dos meus gostos musicais, desde o “YO MTV Raps” (quando praticamente não se vendiam nem haviam discos de hip-hop em Portugal) ao “120 Minutes”, passando pelo programa do Ray Cokes ou o “Alternative Nation”...confesso também que era fã destas cerimónias de prémios, porque eram em directo e a censura já lá não chegava, com momentos de humor brutais, especialmente o Chris Rock...agora são espectáculos assépticos e mesmo assim na América usam um “delay” de 5 minutos, ou seja é um falso directo, para ainda se poder censurar qualquer coisa...aqui na Europa ainda deixaram o Borat mandar umas ferroadas valentes (se bem que gosto mais da personagem Ali G), mas começaram um espectáculo com um “disclaimer” a demarcarem-se de responsabilidades...

A MTV de hoje já não me diz muito com os seus “reality shows” e o crescente airplay de mainstream americano ...existe a MTV2 que, no contacto que tive na Suécia, me parece bastante boa...mas não pude de deixar de ver o espectáculo de ontem há noite...ficam os pregos dos Coldplay, System of a Down e Robbie Williams, os magníficos hologramas dos Gorillaz, a Nelly Furtado muito gorda e muito histérica, as Pussycat Dolls que não me convenceram, a Shakira, as TATU, mas sobretudo:

Eh pá viram a Madonna?


3 Comments:

Anonymous Pretoooo said...

A madona é uma provinciana, com aquela coisa de andar a tratar da cavala;) Já agora, tens alguma coisa contra provincianos;)!?

Fo****, hoje é o "peqcjpcc", que partido é este?

2:17 da tarde  
Blogger Jq said...

Não vi tudo, mas achei particularmente curiosas as reacções ao discurso extremamente politizado do Geldof:

"É à vossa geração que compete continuar o nosso trabalho, obrigar o Mundo Civilizado a cumprir a sua palavra."

"Uhhuuuuu! Yeaahhhh! Babyyyyy!!!!"

Ai queriam "screamers", então tomem lá!

2:36 da tarde  
Blogger hraki said...

Saudosos tempos esses do Ray Cokes!
A única coisa que ainda vale a pena ver na MTV são os "enche chouriços" entre programas e anúncios. Pensar que há gajos que só fazem aquilo na vida...
Quanto aos EMA's partilho do "Eh pá, viram a Madonna!". Já agora acrescento alguns pormenores que demonstram o estado a que chegou a MTV e esta encenação: a Mariah Carey nomeada para melhor R&B; os GreenDay foram os mais premiados com músicas que eu já tinha nos CDs de 1994; os System of a Down são alternativa a quê? Moonspell!?. Salvaram-se as gargalhadas com o Borat, o Robbie Williams a saltar para o público e a pôr os seguranças malucos e dois prémios: The Gift e Bob Geldof!

4:15 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home