quarta-feira, novembro 02, 2005

"De battre...

...mon coeur s'est arrêté".

Grande filme, o de domingo no CAE...a história é mais ou menos esta:

Ele era um especulador imobiliário de relativo sucesso, na casa dos 30, filho de especulador imobiliário e de uma pianista clássica famosa, entretanto falecida. Ao encontrar por acaso o antigo agente da sua mãe, este lembra-lhe que também ele era um pianista de talento, quando quisesse teria uma audição, era uma pena que já não tocasse mais.

Ele voltou a ensaiar afincadamente, arranjou uma tutora e marcou a audição para que tinha sido convidado. Seguiu determinado pelo novo caminho que se abriu perante ele, afinal tinha talento para isso, deixou até o que o seu trabalho de especulador sofresse com isso...o resto vejam no filme...


Agora ouçam esta:

Eu sou um engenheiro no início de carreira, a chegar aos 30, filho de engenheiro e de uma farmacêutica cheia de genica. Ao encontrar um amigo músico que há muito não via, este lembra-me que também eu fazia umas brincadeiras com música electrónica no computador, quando quisesse a minha música seria editada numa pequena produção independente, era uma pena que eu já não compusesse mais.

Eu fui ouvir as músicas que tinha feito nostalgicamente, não me increvi num interessante workshop de composição de música em computador que me aconselharam e declinei um convite para ir apresentar a minha música em público. Segui determinado este o caminho que escolhi há uns anos, afinal o talento é relativo e o meu é diminuto, não vou deixar que o meu trabalho de engenheiro sofra com isso...o resto, talvez pertença a Deus como alguns dizem, não sei...

Aqui fica uma das capas dos discos que fiz por brincadeira sob o alter ego que agora dou a conhecer: ILL IGUANA.

0 Comments:

Publicar um comentário

<< Home