terça-feira, julho 12, 2005

Sinceramente...Parte II: A Caixa.

Se bem se lembram, um dos posts mais polémicos foi este, servirá o abaixo descrito para suportar as minhas queixas?

8:24 - Porta em frente à Caixa. População:
- 11 (onze) Idosos
- 3 (três) Adultos+1 (um) Puto Rabugento
-1 (um) Eu.

8:26 - Idosa exclma "Apre!...que isto nunca mais abre..."

8:29 - Abertura dos balcões.

8:32 - Idoso encrava actualizador de cadernetas.

8:37 - Sou atendido por causa de um problema com o cartão de crédito.

8:40 - Saio do banco sem o problema resolvido, reparando num "mosh" junto ao actualizador de cadernetas entre 3 idosos e o gerente do banco, que exclamava "- Um de cada vez, por favor!!!"... e resguardo-me de uma possível bengala voadora tresmalhada.

9:01 - Pico no absentímetro a escassos dois minutos do limite...

Após telefonemas aos serviços centrais e de novo à dependência bancária da minha conta, descubro que, devido à cara-de-pau e incompetência generalizada dos funcionários, não há ninguém que me possa resolver o problema...um funcionário chega-me a dizer:
"- O melhor que o senhor tinha a fazer era desconfiar dos prazos que lhe prometemos, e defender-se, anulando o cartão antecipadamente..."
o que traduzido dá: "nós somos incompetentes e por isso nunca confie nas informações que lhe dermos".

Na carta que anunciava a substituição do maldito cartão dizia para, em caso de dúvida, telefonar para o 808 blá blá...a voz feminina que me atendeu perguntou-me porque é que eu liguei para aquele número para me resolverem um problema, ali só se davam informações gerais, ou seja: Palha!!!

Depois venham-me os sindicatos bancários falar em aumentos salariais e fundos de pensões especiais...e tal...

0 Comments:

Publicar um comentário

<< Home