sexta-feira, abril 29, 2005

momento irracional



Depois de o ter desancado por diversas vezes (curiosamente ainda não aqui), vejo-me na obrigação de lhe dedicar umas palavras.

Não consegui ainda consolidar uma opinião a seu respeito, algo apesar de tudo raro aqui no canto do irracional.
No primeiro jogo do campeonato arrisquei que era um bom jogador e que podia ser um bom complemento ao Liedson. Sobretudo porque era possante e com bom jogo de cabeça.
Mas o tempo não perdoa, e os golos não apareceram. As oportunidades continuaram a surgir (afinal já leva 580 minutos na Superliga, muitos deles sofridos). Falhou, muito e demais. Saiu (e tinha de sair) para voltar a entrar na equipa.

Ontem, fez quase tudo bem. Com um senão, falhou escandalosamente depois de ter levado o AZ Alkmar ao tapete. Contudo, são golos destes que conquistam troféus, pois quem os sofre não pode dormir descansado.

Espero finalmente firmar a minha opinião. Como estes cantam “What you give is what you get / And the only thing worth having is happiness”. Essa, Pinigol, pode ter começado ontem, mas depende só de ti.
Porque dias maus todos temos e a irracionalidade só sobrevive com felicidade, espero por mais um destes dia 5. Lx

0 Comments:

Publicar um comentário

<< Home