segunda-feira, maio 09, 2005

A ameaça asiática...no Ruanda...

Ontem fui ver o "Hotel Ruanda"...no meio da estupefacção e do choque perante o terror descrito...constatei que a tentativa de limpeza étnica naquele país em 1994, que resultou num pequeno genocídio (1 000 000 de mortos), teve como arma principal, esse expoente de tecnologia que é a ...Catana!!!

Graças ao milagre da globalização, as profundamente ébrias mílicias civis "hutu", tiveram à sua disposição milhares de catanas bem afiadas, de fabrico chinês, cada uma custando a módica quantia de 10 cêntimos.

Aprendi também que a distinção entre "hutus" e "tutsis" não resulta das tribos ancestrais, mas sim de uma separação artificial feita pelos colonos belgas destinada a segregar os nativos mais altos, de pele mais clara ou nariz mais afilado ("tutsis"), dos mais escuros, atarracados e nariz largo ("hutus")...este é, sem dúvida, mais um exemplo de evolução civilizacional que só a colonização pelo homem branco pôde proporcionar...

Não admira portanto, que a senha emitida pela rádio "Hutu Power" convidando à limpeza étnica, fosse a macabra frase "Cortem as árvores altas"...

0 Comments:

Publicar um comentário

<< Home