terça-feira, setembro 11, 2007

Muito bem, obrigado...



História de um casal (marido contabilista e mulher taxista) que, cada um à sua maneira, perde a capacidade de conviver e tolerar a malha de pequenas hipocrisias, de irracionalidade e algumas arbitrariedades que constitui o nosso quotidiano.

Da vida normal ao manicómio em menos de um fósforo. Pode acontecer a qualquer um de nós.

Muito bom filme, cómico, mas assustadoramente real.

E, espante-se, produzido pelo Paulo Branco.

0 Comments:

Publicar um comentário

<< Home