quarta-feira, junho 25, 2008

Multiplex...


Vi este filme porque alteraram a agenda do CAE. Uma avó vai trabalhar para um clube de sexo para angariar dinheiro para salvar o neto que está a morrer num hospital. O título refere-se ao nome artístico que a senhora ganhou no processo. Desse nome artistico podem inferir a especialidade (em termos sexuais) da senhora e também a estranheza da história. Um filme que não é tão mau quanto parece.

O mestre Francis Ford Coppola traído por uma história uns furos abaixo do seu talento. Um filme bonito perdido no seu próprio esoterismo.  

Oscar de melhor argumento para esta comédia indie light. Ou seja é o "Little Miss Sunshine" deste ano. Não puxa pelo neurónio esquerdo, mas não envergonha porque é alternativo, tão a ver? Vejam a um domingo à tarde, mas com olho aberto às subtilezas.

Um filme sobre coincidências, histórias de amor e desamor cruzadas. Muito bons diálogos (que basicamente sustentam o filme) e excelentes actores. Passado na Paris que agora conheço e da qual aprendi a gostar.

Tomei conhecimento desta história (googlem-na!!!) e deste filme através da banda sonora do Eddie Vedder, que se tornou num dos meus discos favoritos. É difícil não gostar deste filme quando se atravessa o tipo de pseudo-crises-existenciais que eu atravesso. O facto de estar filmado com uma perfeição assustadora pelo Senhor Sean Penn é um grande bónus. Também se vai tornar dos meus filmes favoritos.

Re-capitulo os últimos filmes vistos para efeitos de organização de memória, já que a malta não lê nada disto.

Ah, é verdade. Também vi este aqui em baixo. O Harrison Ford ao não esconder os seus 60 anos acaba por ser a piada do filme. Do Spielberg esperava mais.

Já vi pior e paguei.

3 Comments:

Anonymous joaoc said...

yo,
vou por o into the wild no meu netflix.
entretanto experimenta o "long way round" com o ewan mcgregor que e' o documentario da viagem que ele e um amigo fizeram entre londres e ny pelo caminho mais longo. e' uma serie de tv com uns 10 episodios mas arranja-se em dois dvd e ve-se muito bem.

4:24 da manhã  
Blogger Jaf said...

Yo,

will do. por acaso tenho muita curiosidade sobre essa viagem.

abraço.

Ps:
Tive de ir ver ao google o que era o netflix!!!

3:24 da tarde  
Blogger honey white said...

Ja' vi 3 dos que aqui estao e realmente o "Into the Wild" e' fantastico. O "Juno" desiludiu-me um bocado.
Quanto ao "Long way round" nunca vi mas tenho aqui o livro da outra viagem, "Long way down" que vai do norte da Escocia ao Cabo das Tormentas.

10:03 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home