sábado, fevereiro 27, 2010

O profeta...


O tema é duro, mas valeu a pena.

A história desenrola-se pacientemente e leva-nos a partilhar e disfrutar dessa paciência.

O actor principal é muito bom (os outros também) num papel muito difícil.

Nunca cai em excessos de protagonista, o que seria fácil na sua personagem.

Não é um herói ou um anti-herói, apenas um sobrevivente.

Penso que quem esteve mais preocupado em procurar neste filme mensagens de moral social, religiosa ou racial perdeu o humanismo universal da história.

Mais um excelente filme do realizador de um dos meus filmes favoritos de sempre ("De tanto bater o meu coração parou").

Este também deve ir para lista.

0 Comments:

Publicar um comentário

<< Home